Rodrigo Mussi fala e anda, mas não lembra de memórias do BBB, diz irmão durante coletiva

Anúncios

Após 16 dias de internação, o ex-BBB Rodrigo Mussi está, pela primeira vez, sem o tubo de respiração e já fala e anda pelo Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde é atendido desde o dia em que sofreu um acidente de carro, em 31 de março.

Anúncios

Em coletiva de imprensa neste domingo (17), o irmão do influenciador, Diogo Mussi, afirma que ele mexe o corpo inteiro, faz fisioterapia e pode receber alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos próximos dias.

“Na última quarta-feira conseguiram extubar. Hoje ele está sem tubo, está falando, está andando. Ele senta, se mexe, mexe o corpo inteiro. Fez fisioterapia com bola, com pedal”, disse.

Anúncios

O processo de extubação já tinha sido iniciado no último domingo (10), mas foi interrompido porque Rodrigo teve falência respiratória. Agora, o ex-BBB parece apresentar melhora contínua sem a ajuda dos aparelhos.

Diogo conta, no entanto, que o irmão apresenta falhas na memória. Rodrigo não se lembrou da morte do pai, que morreu há mais de 10 anos, e nem do acidente que o levou a ter traumatismo craniano e deixá-lo em estado crítico.

O jogo entre o São Paulo e o Palmeiras, que assistiu antes da batida, também não está na memória dele.

Anúncios

O influenciador também tem vagas lembranças sobre o Big Brother Brasil 22 (BBB22), edição que ele participou. No entanto, ele lembra que tem fãs e que trabalha com a internet. “Ele lembra dos fãs. Hoje, pela primeira vez, ele pediu o celular. Eu dei meu celular pra ele, ele tentou fazer uma foto, tentou digitar uma coisa, não deu muito certo”, contou Diogo.

O irmão de Rodrigo conta que o influenciador recebeu, neste domingo (17), a visita da ex-BBB e youtuber Viihtube, que ficou próxima dele após ficarem no Lollapalooza. “Hoje ele a viu, lembrou que eles estavam no Lollapalooza, isso é muito bom”, comemora.

Anúncios

“Ao que tudo indica, pelo histórico dele, pela idade, saudável, etc, os médicos acreditam que isso [déficit de memória] vai ser transitório. Que no começo vai precisar de ajuda mais próxima, mas depois vai ficando mais independente”, afirma Diogo.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s