TVI NOTÍCIAS

Universidade de Manaus é investigada por tráfico internacional de órgãos

Anúncios

Um professor de Anatomia foi preso por vender mão e placentas para um comerciante que produz roupas com material humano na Ásia.

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (22), a Operação Plastina, por meio da qual são investigados fatos relacionados a possível prática do crime de tráfico internacional de órgãos humanos.

Anúncios

A ação da PF visa cumprir dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 4.ª Vara Federal Criminal da SJAM, sendo um na residência do investigado e outro no Laboratório de Anatomia de uma Universidade do Estado, bem como um mandado de afastamento de função pública.

Segundo as investigações, teriam sido contrabandeadas de Manaus para Singapura três placentas e uma mão. O receptor teria sido um famoso ‘designer’ indonésio que vende peças produzidas com materiais de tecidos humanos.

Anúncios

A plastinação é o procedimento técnico de preservação de materiais biológicos, que consiste em extrair os líquidos corporais (água e soluções fixadoras) e os lipídios, através de métodos químicos, substituindo-os por resinas plásticas como silicone, poliéster e epóxi.

Caso seja condenado, o investigado poderá responder, na medida de sua responsabilidade, pelo crime de tráfico internacional de órgãos humanos, com pena de até 8 anos de reclusão.

Reprodução: Polícia Federal

O nome da operação é uma alusão ao procedimento utilizado pelo investigado para conservar os órgãos traficados.

Um comentário em “Universidade de Manaus é investigada por tráfico internacional de órgãos”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s